Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sempre que faço brincadeiras com os miúdos por causa das festividades inglesas, coloco os trabalhos na parede e, na festividade seguinte, substituo. O problema é que me custa guardar as coisas que eles fazem numa caixa (deitar fora não consigo mesmo). Resolvi então fazer com eles uma British Wall onde vamos acrescentando as festividades à medida que acontecem. Cá está ela:

IMG_20150256_030448.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:12

Depois de saber os resultados dos Óscares, está bom de ver que é melhor não me dedicar às apostas.

 

Talvez devesse experimentar a pesca.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

publicado às 15:31

Então é assim que acho que isto vai correr:

 

Melhor Filme - Boyhood - já conversámos sobre isto, não é verdade?

Melhor Ator - Ed Redmayne (A Teoria de Tudo) - fiquei fã da sua voz de tenor em Os Miseráveis e acho que o talento que revela neste filme vale definitivamente um Oscar.

Melhor Atriz - Julianne Moore (O Meu Nome é Alice) - finalmente!

Melhor Ator Secundário - Edward Norton (Birdman) - aí com uns dezasseis anos de atraso.

Melhor Atriz Secundária - Patricia Arquette (Boyhood) - não percebo!

Melhor Realizador - Richard Linklater (Boyhood) - e aqui acho mesmo que merece.

oscars.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:52

Eurovisão #2

20.02.15

Acabei de ver que uma das músicas a concurso chama-se como, como? Dança Joana. (Porque as Joanas deste mundo já não ouvem que chegue a música do Marco Paulo e o sempre clássico Joana come a papa.)

 

Dança Joana. Digam lá se este ano não promete?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:49

Eurovisão

20.02.15

Então é o seguinte: eu sou fã da Eurovisão. Não quero saber se é parolo, datado ou o diabo a sete, gosto e pronto. Em sábado de final da Eurovisão, não estejam à espera de me encontrar na rua. O problema é o seguinte: nós estamos mais perto de ganhar um mundial de futebol do que um festival da Eurovisão. O ano que passou, então, foi uma desgraça que espero não se repita (quando é que a malta percebe que com pimbalhada não vamos lá?).

 

A RTP anunciou hoje as músicas a concurso interno este ano. Mais uma vez, tudo em português (contra o que não tenho nada, apesar de achar que diminui as probabilidades de vitória) e espero mesmo que desta os compositores portugueses tenho puxado do brio. É que nós já não somos Olimpos brilhantes, com a Seleção, prémios nem vê-los, o FMI não nos larga a perna, pelo menos podia vir aí uma musiquinha de jeito, sim? É que outra vez uma qualquer Suzy deste país a cantar uma música pimba, com sons tribais, enquanto tenta uns passinhos samba semi nua em cima de um palco internacional, não dá. Vá lá, este povo já sofre que chegue.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:30

Boyhood

20.02.15

Domingo é dia de Óscares e eu estou aqui com uma dúvida quanto ao grande favorito a Melhor Filme - Boyhood, de Richard Linklater.

 

Para mim, fica aquém do que prometia. Por um lado, não acho que seja aquele filme que prenda invariavelmente o espetador ao ecrã e, considerando que o objetivo é retratar a vida normal, aquele jovem está longe de ser o jovem médio e ainda mais longe de ser o típico jovem americano. Só que, por outro lado, o comprometimento necessário para rodar um filme durante doze anos, seguindo sempre a mesma linha criativa, e a simplicidade com que retrata o quotidiano deixam-me dividida. E, claro, aquilo que talvez mais valha um Óscar, a ideia base, que mostra que as nossas vidas, de qualquer pessoa, davam realmente um filme.

 

Afinal, talvez a vitória não seja assim tão descabida, se considerarmos mais o conteúdo do que a forma..

boyhood-poster-2.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:47

Ora bem, isto vai ser complicado, porque passa-se a três vozes quase em simultâneo. É tipo um momento T. com a mãe ao barulho, mas vou tentar.

 

Depois de conversarmos a quatro sobre o jantar, ficou decidido que seria arroz de polvo, sendo que eu preferia filetes de polvo. Eu e a T. ficámos em casa, as duas na sala, e os nossos pais foram às compras. A dada altura, estou com a minha mãe ao telefone, a T. de costas para mim:

 

Eu - O que vai, afinal, ser o jantar?

Mãe - Filetes de polvo.

T. - Arroz de polvo.

Eu (em manifesta alegria) - Eiii! A sério?

Mãe - Sim!

T. - Calma, é só arroz de polvo.

Eu - Com o quê?

Mãe - Com arroz de polvo.

T. - Estás parva? É arroz de polvo.

Eu - Arroz de polvo?

Mãe - Sim, é assim que se costuma fazer.

T. - Sim, já não tinha dito isso?

Eu - Não era melhor com arroz de feijão?

Mãe - Ah, também pode ser!

T. - Estás tolinha! Arroz de polvo com feijão? Tanto Masterchef anda-te a fazer mal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:29

Sou uma pessoa que, recentemente, assentou com alguns quilos em cima. Não sou assim de entrar em depressão ou ir chorar para um canto quando alguém constata este facto, mas também não posso ficar aqui sentada à espera que a roupa deixe de servir. A modos que estou de dieta, que é como quem diz a fazer controlo de danos para numa eventual festa me esticar mais um bocadinho. O piorzinho mesmo é a parte do exercício. Sou aqui como a Maria, não corro nem para apanhar o autocarro e desporto só no sofá. Detetesto tudo e sou tão fraquinha, mas tão fraquinha, que uma vez, por causa de uma caminhada na serra, fiquei sem as unhas dos pés - cenário dantesco, já sei! Bem, lá me decidi a arrancar o rabo do sofá e ir caminhar (sim, é isso mesmo, caminhar). Caminhei ontem cerca de 3 km e estou de rastos, mal mexo as pernas e daqui a pouco vou tentar repetir a dose (desejem-me sorte, sim?), mas já vi que é pela alimentação isto vai lá. O problema aqui estános lanches entre refeições e na minha recente afeição ao pão. Alguém que me ajude?

diet.jpeg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:21

Durante esta minha ausência prolongada (que, infelizmente, não teve nada a ver com férias) houve muitos acontecimentos sobre os quais podia ter falado: os livros que li entretanto, os filmes que fui vendo, as minhas sempre inspiradoras conversas com a T., a absoluta tragédia do Charlie Hebdo ou a novela Grécia-Europa. Enfim, uma série de coisas. Agora, há aqui dois temas cujo timing para lhes fazer menção já perdi e não sei como vou recuperar do trauma: o dia dos namorados e a estreia de As Cinquenta Sombras de Grey. Vou chorar até ao ano que vem, está visto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

publicado às 10:19

Carnaval

17.02.15

Hoje apareceu-me a Branca de Neve cá em casa.

IMG_20150248_091123.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:13


Joana

foto do autor


Neste mar

Sobre tudo e sobre nada. História e política. Brincadeiras e aventuras. Literatura e cinema. Trivialidades e assuntos sérios. Arte e lusofonia. Dia-a-dia e intemporalidade. E, claro, um blogue com sotaque do norte.

Facebook


Instagram