Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ora bem, isto vai ser complicado, porque passa-se a três vozes quase em simultâneo. É tipo um momento T. com a mãe ao barulho, mas vou tentar.

 

Depois de conversarmos a quatro sobre o jantar, ficou decidido que seria arroz de polvo, sendo que eu preferia filetes de polvo. Eu e a T. ficámos em casa, as duas na sala, e os nossos pais foram às compras. A dada altura, estou com a minha mãe ao telefone, a T. de costas para mim:

 

Eu - O que vai, afinal, ser o jantar?

Mãe - Filetes de polvo.

T. - Arroz de polvo.

Eu (em manifesta alegria) - Eiii! A sério?

Mãe - Sim!

T. - Calma, é só arroz de polvo.

Eu - Com o quê?

Mãe - Com arroz de polvo.

T. - Estás parva? É arroz de polvo.

Eu - Arroz de polvo?

Mãe - Sim, é assim que se costuma fazer.

T. - Sim, já não tinha dito isso?

Eu - Não era melhor com arroz de feijão?

Mãe - Ah, também pode ser!

T. - Estás tolinha! Arroz de polvo com feijão? Tanto Masterchef anda-te a fazer mal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:29




Neste mar

Sobre tudo e sobre nada. História e política. Brincadeiras e aventuras. Literatura e cinema. Trivialidades e assuntos sérios. Arte e lusofonia. Dia-a-dia e intemporalidade. E, claro, um blogue com sotaque do norte.

Facebook


Instagram