Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Como todo o país, soube da história da Carolina, a jovem de 22 anos que morreu de uma trombose, cuja a única explicação lógica parece ser a pílula. Sou uma pessoa um bocado alarmista e, face a uma tragédia como esta, isto da pílula e das suas implicações anda francamente a preocupar-me... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:42


6 comentários

Imagem de perfil

De Magda L Pais a 10.03.2015 às 15:48

a pilula tem vários problemas, como todos os medicamentos. O importante é que estejas acompanhada por médico, que haja vigilância e que tomes apenas a que o médico te indicar. Que parece que não era o caso da Carolina (mas não tenho a certeza, confesso)
Imagem de perfil

De Mar Português a 17.03.2015 às 16:26

Acompanhada pelo médico é claro que ando. A minha pílula não é a mesma que tomava a Carolina, mas conheço uma pessoa que a tomava e teve uma trombose! Dá que pensar.
Imagem de perfil

De Isa a 10.03.2015 às 20:13

Ia comentar o mesmo que a Magda, as pílulas são medicamentos e como tal, não estão isentas de efeitos secundários, alguns bastante adversos. Qualquer bula que leias, até mesmo de "simples" comprimidos para dores de cabeça, diz lá que podes ter AVCs e ataques cardíacos e o caneco. Desde que passei a ler as bulas com atenção, deixei de tomar e recusar muita coisa, inclusive, a pílula.. já lá vão quase 7 anos..
Imagem de perfil

De Mar Português a 19.03.2015 às 01:34

Eu também bem queria deixar de tomar, mas tenho uma alergia na pele que a pílula me ajuda a controlar :(
Imagem de perfil

De Miguel Alexandre Pereira a 10.03.2015 às 23:26

o melhor mesmo é pedires algumas indicações médicas para tratar desse problema. é preciso é ter cuidado :)


http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/
Imagem de perfil

De Mar Português a 19.03.2015 às 01:35

Confesso que sou um bocado hipocondríaca, mas nunca tomo nada sem ordem médica.

Comentar post



Joana

foto do autor


Neste mar

Sobre tudo e sobre nada. História e política. Brincadeiras e aventuras. Literatura e cinema. Trivialidades e assuntos sérios. Arte e lusofonia. Dia-a-dia e intemporalidade. E, claro, um blogue com sotaque do norte.

Facebook


Instagram