Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A missa do galo é a primieira missa do Natal, que começa à meia-noite do dia 25 de dezembro. O nome deriva da história que um galo, a essa hora, teria cantado fortemente para anunciar a vinda do Messias.

 

Até começar a namorar com o E. nunca tinha ido à missa do galo. Afinal, ninguém ia na minha família e eu não ia pôr-me à meia-noite a andar sozinha para uma qualquer igreja. Sei que nem todas as paróquias a celebram, mas na paróquia da terra do E. sim. Ele contou-me que o pai durante muitos anos foi a essa missa, mas que ele costumava ir antes à missa que se celebra a meio da tarde. Felicidades da vida, a casa da minha avó, onde passo o Natal, é na localidade ao lado da do E. e, no nosso segundo Natal juntos, lá o convenci. Tornámos a ir no ano passado e, em princípio, hoje iremos de novo. Não sei explicar o porquê de preferir ir à missa do galo, afinal é igual à missa do dia. Inicialmente, acho que era curiosidade, mas gosto de pensar que é a nossa primeira tradição juntos, mesmo antes de sermos uma família.

publicado às 11:18


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Joana

foto do autor


Neste mar

Sobre tudo e sobre nada. História e política. Brincadeiras e aventuras. Literatura e cinema. Trivialidades e assuntos sérios. Arte e lusofonia. Dia-a-dia e intemporalidade. E, claro, um blogue com sotaque do norte.