Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Quando decidi começar aqui o estaminé, o E. ajudou-me muito. Não só com a parte informática, mas também com as minhas paranóias do começo/não começo. Até que um dia me disse: "estou fartinho de te aturar, começa lá isso, caramba!". Comecei! E desde esse momento que ele perdeu o seu lugar como fã nº1 para a T. Ela passa a vida no blogue. Se eu não escrevo, anda sempre à minha volta a perguntar se não vou escrever, a sugerir temas, a dizer que tenho que escrever e mais nada. Se me vir no computador e eu disser que estou a trabalhar no blogue, senta-se sossegadinha para não me abalar o momento criativo.

 

Pois bem, a minha T. faz anos hoje. O médico marcou a cesariana para esta data e acabou por escolher o dia que mudaria a minha vida. Há catorze anos atrás acordei com um batalhão de borboletas na barriga porque sabia que nesse dia ela ia chegar. Com o nome que eu escolhi e que continua a ser o meu preferido. Catorze anos depois, tenho esta jovem cheia de personalidade aqui em casa e, embora os anos que nos separem distanciem as nossas realidades, também permitiram que eu tenha um bocadinho a ver com esse resultado.

 

Portanto, parabéns para mim porque faz hoje catorze anos que recebi o meu melhor presente. E parabéns para a minha irmã, porque é o seu aniversário e porque se tornou nesta pessoa inteligente, esforçada, sensível, competitiva, meiga, teimosa, educada, desorganizada, vaidosa, inocente e compreensiva - tão incrível e inspiradora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Etiquetas:

publicado às 23:54



Joana

foto do autor


Neste mar

Sobre tudo e sobre nada. História e política. Brincadeiras e aventuras. Literatura e cinema. Trivialidades e assuntos sérios. Arte e lusofonia. Dia-a-dia e intemporalidade. E, claro, um blogue com sotaque do norte.