Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ora bem, isto vai ser complicado, porque passa-se a três vozes quase em simultâneo. É tipo um momento T. com a mãe ao barulho, mas vou tentar.

 

Depois de conversarmos a quatro sobre o jantar, ficou decidido que seria arroz de polvo, sendo que eu preferia filetes de polvo. Eu e a T. ficámos em casa, as duas na sala, e os nossos pais foram às compras. A dada altura, estou com a minha mãe ao telefone, a T. de costas para mim:

 

Eu - O que vai, afinal, ser o jantar?

Mãe - Filetes de polvo.

T. - Arroz de polvo.

Eu (em manifesta alegria) - Eiii! A sério?

Mãe - Sim!

T. - Calma, é só arroz de polvo.

Eu - Com o quê?

Mãe - Com arroz de polvo.

T. - Estás parva? É arroz de polvo.

Eu - Arroz de polvo?

Mãe - Sim, é assim que se costuma fazer.

T. - Sim, já não tinha dito isso?

Eu - Não era melhor com arroz de feijão?

Mãe - Ah, também pode ser!

T. - Estás tolinha! Arroz de polvo com feijão? Tanto Masterchef anda-te a fazer mal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:29

- Joana, sabias que em ciências estudámos os olhos.

- Ai sim? E então?

- A professora disse que não íamos ver os olhos verdes porque são os mais complicados e raros, apenas 2% da população tem.

(Fica ali a olhar para mim.)

- Ok!

- Não percebeste?

- O quê?

- Tu tens olhos verdes.

- E então?

- Então és uma ave rara e complicada. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:22

A minha mãe anda constantemente a reclamar que eu e a T.não nos calamos. Por esse motivo, e vindo não sei de onde, decidimos repetir a última parte de tudo o que dizíamos três vezes.

 

Mãe (da cozinha) - T., vai vestir o pijama.

T. - Já vou, já vou, já vou!

Mãe (ainda na cozinha) - Eu dou-te o já vou.

T. - Joana, Joana, Joana.

Eu - Que foi, que foi, que foi?

T. - Viste o meu pijama, pijama, pijama.

Eu - Não, não, não.

T. - Está aqui, aqui, aqui.

Eu - Ok, ok,ok.

T. - Não vestes o teu, teu, teu?

Eu - Já visto, visto, vis...

Mãe (que continua na cozinha) - Já me doem os ouvidos!!!

Ai, ai! Já não tenho idade para isto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:34

Humor T. #7

14.10.14

Ontem, acabadinha de entrar em casa, ainda de casaco, carteira e guarda-chuva:

- Joana, anda aqui! Preciso de ajuda!

(Entro na sala.)

- Sim?

- Explica-me o que foi a Conferência de Berlim.

- Porque partes do pressuposto que eu sei isso?

(...)

- Porque és uma croma.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:50

Humor T. #6

02.10.14

A T. veio mostrar-me o seu livro de português para eu ver o que já tinha dado do Auto da Barca do Inferno e os apontamentos que tinha tirado na aula. Fiquei genuínamente surpreendida, porque ela tinha aquilo tudo escritinho:

 

- Ui! Muito bem! És a única que me tira apontamentos de jeito.

 

Entretanto, ouvi-a contar isso à minha mãe e, depois, ao meu pai. Mas ao jantar:

 

- Joana, não queres contar à mãe e ao pai o que eu faço que mais nenhum dos teus alunos faz?

- Tu já contaste!

- Conta melhor!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:37

Humor T. #6

30.09.14

Desde que escrevi este texto que, ao mínimo reparo ou reclamação que faço, levo com um:

 

- Não achas que estás a tratar mal o teu melhor presente?

 

Ou qualquer coisa do género.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:38

Humor T. #4

24.09.14

Enquanto ela anda atrás de mim, sempre com as mesmas perguntas, eu digo:

 

- És uma chata!

- O quê?

- És uma chata!

- Já viste que andas sempre a chamar-me isso?

- Bem, isso é porque, há certas alturas, em que és uma chata.

(...)

- Para alguém que gosta tanto de ler e escrever parece que só conheces um adjetivo.

(Saída teatral).

 

É bem feita, que é para eu aprender.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:38


Joana

foto do autor


Neste mar

Sobre tudo e sobre nada. História e política. Brincadeiras e aventuras. Literatura e cinema. Trivialidades e assuntos sérios. Arte e lusofonia. Dia-a-dia e intemporalidade. E, claro, um blogue com sotaque do norte.

Facebook