Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Enquanto explicadora, às vezes, passo uns bocados complicados. Não há um dia em que não tenha um (e se for só um é uma sorte) miúdo mal comportado, que não quer fazer nada, que se tenta escapar ao que o mando fazer, que boceja ou, pior de tudo, que é mal educado. Isto fora os guinchos, gritos, brincadeiras e discussões próprias da idade que, não raramente, me fazem chegar a casa com as vozes deles ainda a retinir nos meus ouvidos. Só que depois:

 

A (aponta para o meu exemplar de Os Maias) - Professora, esse livro é muito chato? 

Eu - Não! É muito interessante. Vais gostar de certeza absoluta.

A - E é de quê?

Eu - Isso ainda é muito complicado para perceberes, mas quando cresceres vai ser mais fácil.

(...)

A - Professora?

Eu - Sim...

A - E em que ano é que preciso ler?

Eu - No décimo primeiro.

B - Então ainda falta muito! Até que ano é que sabes ensinar?

Eu - Até ao décimo segundo, o último.

A - Ah! Boa! Então quero que sejas minha professora para sempre.

B - Eu também!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:18

Sempre que faço brincadeiras com os miúdos por causa das festividades inglesas, coloco os trabalhos na parede e, na festividade seguinte, substituo. O problema é que me custa guardar as coisas que eles fazem numa caixa (deitar fora não consigo mesmo). Resolvi então fazer com eles uma British Wall onde vamos acrescentando as festividades à medida que acontecem. Cá está ela:

IMG_20150256_030448.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:12

10841528_998365740190035_928338882_n.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:18

Tarde e a más horas, mas aqui está ele:

IMG_201412335_023021.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:38

- Gosto muito da sua camisola, professora. É mesmo bonita.

- Obrigada!

- Hoje é o E. que vem buscá-la?

- Não sei!

- Não sabe?

- Não. Nunca sei com antecedência se ele vem buscar-me ou não.

- Ahh! Então é por isso que vem sempre bonita.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:24

Ontem encontrei um papel no local onde dou explicações com o seguinte conteúdo:

Nomes que a professora Joana nos chama

Estrelas

Estrelinhas

Dona + o nosso nome

Madame + o nosso nome

O nosso nome + Francisca

Barulhentas

Melguinhas

Pataniscas

 

Não sei quem o escreveu, mas deixei no mesmo sítio. Não quero estragar a contagem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:32

Enquanto explicadora, eu sou a leveza em pessoa. Já me aconteceu de tudo, desde as tradicionais birras a miúdos a imitarem ovelhas (porque achavam que eu não sabia como são). Eu encaro! Tenho esta teoria que, se eles já não gostam da disciplina, gostarem de mim só pode ajudar. Já acabei o ano letivo com miúdos a contarem-me os seus enganos amorosos, problemas em casa, na escola ou dilemas no geral. Até já recebi emails a dizerem que têm saudades das nossas conversas. Sou aquela professora que os alunos que não tenho, sobretudo os mais pequenos, vêm falar só porque sim. Obviamente que lhes ralho se não fazem os trabalhos ou se andam sempre a brincar, mas isso não me tira do sério. Aborrece-me e, como normalmente sou tão mais sorridente, eles ficam, na maioria, a sentirem-se mal por me porem assim. A única coisa que não tolero de todo é falta de educação. Aconteceu ontem e tive um surto nervoso tal que, depois de pôr o miúdo de castigo, entro na sala e dou com cinco pares de olhos ansiosos. Uma delas lá verbaliza:

 

- Professora, estás a sentir-te bem?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:29

Cenário que envolve miúdo reguila:

 

- Já reparaste que ali as meninas têm a mesma idade que tu, estão no mesmo ano e portam-se muito melhor, fazem os trabalhos sem reclamar e não incomodam os outros?

- Mas isso é porque elas são raparigas, professora.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:56


Joana

foto do autor


Neste mar

Sobre tudo e sobre nada. História e política. Brincadeiras e aventuras. Literatura e cinema. Trivialidades e assuntos sérios. Arte e lusofonia. Dia-a-dia e intemporalidade. E, claro, um blogue com sotaque do norte.

Facebook


Instagram